top of page
  • Fusões & Aquisições

VBI compra FIIs da Blue Macaw

A VBI — a gestora de fundos imobiliários controlada pelo Pátria — disse hoje que comprou quatro FIIs que pertenciam à Blue Macaw, a gestora fundada por Marcelo Fedak, o ex-head de ativos imobiliários da Blackstone no Brasil.


Os quatro fundos alvo da transação são o BLMO11 e o BLCA11, ambos de lajes corporativas; o BLMR11, um fundo de fundos; e o BLMC11, um fundo que investe em CRIs.


Somados, os quatro FIIs têm R$ 400 milhões em ativos sob gestão.


Além dos quatro fundos, a Blue Macaw tem apenas mais um FII — o BLMG11 — de galpões logísticos. Em outubro, a Oaktree investiu R$ 235 milhões neste fundo, ajudando a reduzir sua alavancagem, uma das grandes preocupações dos cotistas.


Como parte da transação, Fedak está virando sócio do Pátria, liderando a vertical de real estate, enquanto os outros três sócios da Blue Macaw — Ariel Almeida, Tadeu Ferreira Jorge e Manuela Aguiar — estão deixando a gestora, mas devem continuar envolvidos nos ativos do BLMG11. Por hora, a Blue Macaw continuará existindo como gestora do BLMG11, com Fedak gerindo o fundo em paralelo a suas funções no Pátria. Nos últimos meses, alguns sócios seniores da Blue Macaw já haviam deixado a firma: Celina Vaz, a diretora de RI, foi para a Paladin Realty, enquanto Caroline Ebel, a CFO, saiu para outra gestora.


Fundada em 2019, a Blue Macaw nasceu quando a Blackstone decidiu encerrar sua operação no Brasil. Na época, Fedak montou a Blue Macaw trazendo praticamente todo o seu time da Blackstone, e combinou com a gestora americana de receber um fee para gerir e liquidar os ativos que ela tinha no País. Leia a Matéria Complete aqui: https://fusoesaquisicoes.com/acontece-no-setor/vbi-compra-fiis-da-blue-macaw/

7 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

RBR Asset entra em crédito imobiliário nos EUA

Fundo voltado a profissionais vai financiar obras residenciais, galpões e projetos A RBR Asset, gestora com mais de R$ 9 bilhões sob gestão, está entrando no segmento de crédito imobiliário nos Estado

Commentaires


bottom of page