• Rafael Walendorff

Sai o primeiro CRA referenciado em dólar, de US$ 16 milhões

Atualizado: 7 de abr.

Bradesco e Ecoagro concluíram a emissão; recursos serão usados por dois produtores para custear cultivo de soja


O Bradesco e o grupo Ecoagro concluíram a emissão do primeiro Certificado de Recebíveis do Agronegócio (CRA) referenciado em dólar no Brasil. Foram captados US$ 16 milhões, que serão usados por dois produtores rurais - um de Mato Grosso e outro de Goiás - para custear as próximas cinco safras de soja.


A operação pioneira terá a primeira série dos CRAs depositada e vendida nos sistemas da B3 para investidores que moram no Brasil. Já a segunda série será listada e vendida no exterior para investidores não-residentes, por meio dos sistemas da Bolsa de Viena, no segmento Vienna MTF.


Esse tipo de operação só foi possível por causa de inovações que surgiram com a Lei do Agro (13.986/2020), regulamentada pelo Conselho Monetário Nacional (CMN) com a Resolução 4.974/2020. As normas permitiram tanto a emissão do CRA referenciado em moeda estrangeira quanto a colocação desses títulos diretamente no exterior, o que aumenta seu apelo entre investidores que não residem no país.


“O grande diferencial dessa nova frente de negócios é justamente oferecer ao cliente a possibilidade de ‘casar’ suas operações, mitigando o risco cambial. O volume não é o mais relevante, o que conta é a abertura de uma nova tendência de mercado”, disse José Ramos Rocha Neto, diretor-executivo do Bradesco. A operação foi coordenada exclusivamente pelo Bradesco BBI, que fez 100% da distribuição do papel. Os investidores do primeiro CRA em dólar registrado na B3 foram pessoas físicas.


Leia a matéria completa aqui: https://valor.globo.com/agronegocios/noticia/2022/03/30/sai-o-primeiro-cra-referenciado-em-dolar-de-us-16-milhoes.ghtml

0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Parceria em produtos de crédito tem objetivo de abrir 20 fundos nos próximos 12 meses A Virgo, que oferece soluções financeiras para o mercado de capitais, fechou uma parceria com a gestora de recurso