top of page
  • Valor Econômico

‘Regras da CVM compõem combo da transparência’

Dissociação de gestão e distribuição deixa custo explícito

A transparência na remuneração na distribuição de investimentos foi uma das mudanças mais significativas que a Comissão de Valores Mobiliários (CVM) fez ao lado da revisão das regras que disciplinam a atividade das assessorias de investimentos (os antigos agentes autônomos) e dos fundos de investimentos - um combo que pode levar o mercado de investimentos - um combo que pode levar o mercado de investimentos para outro nível.


Segundo Guilherme Cooke, advogado que auxiliou a Associação Brasileira de Agentes Autônomos de Investimentos (ABAAI) na apresentação de propostas para a reforma do setor no processo de consulta e audiência públicas promovido pela autarquia, as mudanças jurídicas têm impacto negocial relevante.


Na norma de fundos, a regulação passou a exigir uma taxa máxima de gestão dissociada da de distribuição. “O preço do intermediário vai ficar explícito para o investidor”, disse Cooke, ao participar de evento promovido pela AAWZ com assessores de investimentos na semana passada. “O mesmo fundo numa corretora ‘A’ e numa ‘B’ pode ter preços diferentes


Leia a Matéria Complete aqui: https://valor.globo.com/financas/noticia/2023/03/06/regras-da-cvm-compoem-combo-da-transparencia.ghtml

0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

RBR Asset entra em crédito imobiliário nos EUA

Fundo voltado a profissionais vai financiar obras residenciais, galpões e projetos A RBR Asset, gestora com mais de R$ 9 bilhões sob gestão, está entrando no segmento de crédito imobiliário nos Estado

Comments


bottom of page