• Startupi

Proptech catarinense recebe aporte de R$ 7,5 milhões liderado pela DOMO Invest

A Captei, startup catarinense do mercado imobiliário, recebeu aporte de R$ 7,5 milhões em rodada liderada pela DOMO Invest, com participação da ACE Startups e do fundo Terracotta Ventures, especializado no setor imobiliário e de construção.


Fundada em 2019 na cidade de Florianópolis (SC), a Captei foi criada pelos sócios Leonardo Fabra Gomez, Jonathan Fabra Gomes e Diego Moeller. A startup atua com imobiliárias e cria sistemas que facilitam o processo de captação de novos imóveis. “Ao longo de dois anos, crescemos de forma exponencial, colaborando para a digitalização do mercado imobiliário. Agora, olhamos mais uma vez para as dores de nossos clientes, com um novo objetivo: atuar de forma digital em todo o processo de locação e venda de imóveis, diz o CEO Fabra.


A ideia para o negócio surgiu da experiência dos sócios com o mercado imobiliário. “A captação de imóveis é o ponto de partida para o negócio de qualquer imobiliária, talvez a maior de suas dores. A solução da Captei provou ser capaz de impactar diretamente no negócio de mais de 900 imobiliárias em todo Brasil ao ajudá-las a ampliar seu volume de imóveis captados por meio de sua plataforma”, explica Bruno Loreto, Managing Partner na Terracotta Ventures.


O foco do pós-investimento é desenvolver mais soluções que atendam às necessidades dos clientes, além de crescer ainda mais a equipe.


Aquisição de startup

Há pouco, a Captei comprou a Woliver, startup do ramo imobiliário, para atender ainda mais demandas do mercado. Com a compra, a startup passou a oferecer a Esteira Digital dentro do ecossistema Captei. Neste primeiro momento, a solução atende apenas imobiliárias de locação, mas o objetivo é evoluir para que o processo de vendas também usufrua dessa estratégia logo mais. “Sabemos que o setor de aluguel cresceu muito e a demanda é grande. Por isso, é essencial ter os fluxos e atendimentos organizados, além de eficientes e ágeis. A chegada do novo produto ajuda justamente com isso”, explica a empresa.


A compra da Woliver, é um dos movimentos para consolidar a Captei como serviço completo para a jornada de aluguel. E os próximos passos após o investimento é potencializar a transição do tradicional para o digital e ser o “braço tecnológico” das imobiliárias.

0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Aluguel de curta duração é alternativa para rentabilizar imóvel Startups do mercado imobiliário especializadas em locação de curta temporada estão fazendo parcerias com incorporadoras para aumentar se