• Luiz Henrique Mendes

Pátria conclui a aquisição da chilena Moneda

Movimento consolida a maior gestora de private equity, infraestrutura e crédito da América Latina


Numa tacada que consolida a maior gestora de private equity, infraestrutura e crédito da América Latina, o Pátria acaba de concluir a aquisição da chilena Moneda, criando uma plataforma com US$ 25 bilhões em ativos sob administração. Anunciada em setembro, a transação com a Moneda - uma firma liderada por Alfonso Duval que gere aproximadamente US$ 10 bilhões - complementa as áreas de atuação do Pátria, cuja força maior está em private equity infraestrutura. Os chilenos atuam predominantemente em crédito privado e ações.


A aquisição de US$ 315 milhões (parte em caixa, parte em ações) alinha os interesses dos sócios de Moneda e Pátria no longo prazo, disse Alexandre Saigh, cofundador e CEO da gestora brasileira, ao Pipeline. Pelo acordo de acionistas firmado entre as partes, os sócios de ambas terão um lock-up de cinco anos.


Leia matéria completa aqui:

https://valor.globo.com/financas/noticia/2021/12/03/pipeline-patria-conclui-a-aquisicao-da-chilena-moneda.ghtml

2 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Sócios detiveram 30% da empresa de Florianópolis que expandirá para recrutar mão de obra Há mais de três anos em busca de um ativo para comprar no Brasil, o fundo Caatinga Capital, com sede em Fortale

A gestora de private equity IG4 está em conversas com investidores para captação de três fundos, que podem somar US$ 1,8 bilhão e mais que dobrar o volume de ativos atual da casa. Também deu mandatos