• Beth Koike e Ricardo Bomfim

OTC cria ‘bolsa’ para negociar dívida de empresa não listada

Plataforma é a mais recente iniciativa na área de infraestrutura de mercado, hoje dominada pela B3

Janguiê Diniz, fundador da Ser Educacional, está entre investidores de plataforma por meio de seu family office — Foto: Claudio Belli/Valor

O Banco Central (BC) aprovou na sexta-feira a criação da OTC Brasil, uma plataforma para negociações em balcão de títulos de dívida de empresas com capital fechado. Embora não represente uma concorrência direta para a B3, esta é a mais recente de uma série de iniciativas que estão surgindo no país para atuar como infraestrutura de mercado.


Desde que a BM&FBovespa comprou a Cetip, em 2017, a B3 tem atuado sozinha em boa parte das operações de mercado de capitais, mas novas tecnologias e a popularização de investimentos estão atraindo o interesse de concorrentes para algumas áreas.


A OTC Brasil é fruto do programa de sandbox regulatório do BC, e tem um modelo de negócios e foco bem diferente daquele em que bolsa de valores se estabeleceu. A nova companhia vai atuar, em princípio, com operações P2P (“peer to peer lending”), um empréstimo entre pessoas. Na prática, pretende aproximar empresas de capital fechado que buscam se financiar com investidores com dinheiro sobrando para emprestar em troca de juros.


Leia matéria completa aqui:

https://valor.globo.com/financas/noticia/2021/11/29/otc-cria-bolsa-para-negociar-divida-de-empresa-nao-listada.ghtml

0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

HSI levanta seu maior fundo de crédito estruturado

Gestora de Maximo Lima já captou US$ 120 milhões da meta de US$ 500 milhões para o novo veículo Quando Maximo Lima voltou ao Brasil, no início dos anos 2000, depois de uma longa temporada atuando em c