top of page
  • Valor Econômico

Fintechs usam FIDCs para expandir crédito

Atualizado: 7 de jun. de 2022

Nova regra da CVM permitirá acesso a pessoas físicas e criará os primeiros títulos ‘verdes’


Os fundos de investimento em direitos creditórios (FIDCs) vêm se consolidando como uma ferramenta de financiamento para fintechs, no momento em que a Agenda BC#, do Banco Central, favorece a desbancarização do crédito e o aumento da oferta por outros participantes do mercado. Ao mesmo tempo, estão em curso mudanças para modernização das regras da Comissão de Valores Mobiliários (CVM), o que deve permitir o acesso de pessoas físicas ao instrumento a partir de 2022. Um caso recente é o da fintech Provu, que levantou R$ 1,4 bilhão por meio um FIDC, tendo o Goldman Sachs como cotista sênior.


Leia matéria completa aqui:

17 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Cashbanx capta R$ 20 milhões

Com aporte feito pela SRM Ventures, startup pretende alcançar R$ 1 bilhão em volume bruto de mercadorias. A Cashbanx, plataforma de afiliados especializada no mercado de cashback, recebeu um investime

Motrix capta R$ 14 milhões

Investimento do Grupo Ágathos será direcionado à equipe de desenvolvimento da edtech. A Motrix, startup carioca especializada em plataformas para conteúdo pragmático de currículo escolar, acaba de rec

تعليقات


bottom of page