top of page
  • Valor Econômico

Debêntures conversíveis voltam ao radar em momento de crédito caro

Advogados que assessoram ofertas relatam aumento na procura por informações sobre essa modalidade de emissão


As empresas brasileiras têm aumentado o interesse pela emissão de debêntures conversíveis - títulos de dívida que podem ser trocados no futuro por ações da empresa emissora - em meio ao encarecimento do crédito no país. Advogados que assessoram ofertas relatam um aumento na procura por informações sobre esse instrumento nos últimos meses. “Não é um produto que normalmente vemos muitas emissões, mas só neste ano fui procurado por quatro empresas para trabalhar em estruturas envolvendo conversíveis”, diz Gustavo Rugani, responsável pela área de mercado de capitais do escritório Machado Meyer.


As debêntures conversíveis costumam ser usadas em momentos de reestruturação de dívidas, explica Rugani, mas também passaram a entrar na lista de alternativas de companhias “saudáveis” que buscam taxas menores. Como há uma garantia adicional no futuro, essas empresas conseguem reduzir no presente a remuneração aos investidores. Dependendo das características da operação, as debêntures conversíveis também podem ser uma maneira de captar recursos sem mexer na alavancagem, diz Rugani, já que o título poderia ser contabilizado como equity e não como dívida.


Leia a matéria completa aqui:

https://valor.globo.com/financas/noticia/2023/06/09/debentures-conversiveis-voltam-ao-radar-em-momento-de-credito-caro.ghtml




0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

RBR Asset entra em crédito imobiliário nos EUA

Fundo voltado a profissionais vai financiar obras residenciais, galpões e projetos A RBR Asset, gestora com mais de R$ 9 bilhões sob gestão, está entrando no segmento de crédito imobiliário nos Estado

Comentários


bottom of page