top of page
  • Valor Econômico

BNDES cria fundo garantidor voltado à eficiência energética

A instituição aportou R$ 40 milhões doados pelo Programa Nacional de Conservação de Energia Elétrica, destinado a incentivar o uso racional de eletricidade



O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) pôs à disposição das micro, pequenas e médias empresas um fundo garantidor voltado para eficiência energética. A instituição aportou R$ 40 milhões doados pelo Programa Nacional de Conservação de Energia Elétrica (Procel), destinado a incentivar o uso racional de eletricidade, e espera viabilizar R$ 300 milhões em créditos para os empreendedores que até então tinham dificuldades para obter garantias para levantar recursos para projetos de energia eficiente


Os recursos do Procel são oriundos do repasse, previsto em lei, de 0,1% da receita líquida das distribuidoras de energia. A iniciativa ganhou o nome de Programa de Garantia a Créditos para Eficiência Energética (FGEnergia).


O fundo garantidor para o setor já está disponível para contratação e dá cobertura de 80% do valor do crédito, com ticket entre R$ 50 mil e R$ 3 milhões, e prazo de financiamento de 12 a 84 meses, com carência de até 24 meses. O banco estabeleceu ainda um “stop loss” (limite estabelecido pelo banco para perdas nas carteiras dos agentes financeiros)de 15%. O foco está em micro e pequenas empresas interessadas em modernizar sistemas de iluminação, substituir equipamentos antigos de climatização ou trocar motores antigos por outros de menor consumo, em linha com práticas de sustentabilidade e com retorno de capital em prazos reduzidos.


Leia a matéria completa aqui:https://valor.globo.com/um-so-planeta/noticia/2022/09/01/bndes-cria-fundo-garantidor-voltado-a-eficiencia-energetica.ghtml

1 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Com nova regra da CVM, indústria adapta fundos

Desde que resolução 175 entrou em vigor, em outubro, 56 produtos de diversos segmentos foram lançados no mercado Depois de uma corrida para lançar fundos antes de as novas regras da Comissão de Valore

Wall Street recua em dia de ata do Fed

O mercado já não projeta mais altas de juros pelo Fed neste ciclo A ata da última reunião do Comitê Federal de Mercado Aberto (Fomc, na sigla em inglês) do Federal Reserve (Fed), realizada nos dias 31

bottom of page